Notícias

20/11/2020
Homem negro morre depois de ser espancado por segurança e PM temporário no Carrefour

Um homem de 40 anos morreu ontem, véspera do dia da Consciência Negra, depois de ser espancado por um segurança e por um PM temporário, fora de serviço, no supermercado Carrefour, na zona Norte de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
 
A vítima, identificada como João Alberto Silveira Freitas, é negro e teria discutido com a caixa do estabelecimento.
 
Depois da discussão ele foi levado para estacionamento da loja. No caminho ele teria dado um soco no PM temporário, dando inicio a toda a confusão.
 
De acordo com a delegada que cuida do caso, o PM e o segurança chegaram a subir em cima do corpo da vítima, colocando a perna no pescoço e no tórax de João Alberto.
 
A cena vem sendo comparada nas redes sociais ao que aconteceu com George Floyd, que morreu sufocado por policiais nos Estados Unidos.

  • Praça Cleber de Holanda, 111 - Alton Sion - Varginha / MG CEP 37048-370
  • (35) 3222 8288